Conscientização – 12 Atitudes Sustentáveis para termos em casa

Atitudes sustentáveis não só ajudam o meio ambiente como também proporcionam benefícios nas nossas rotinas e nas nossas finanças. Veja como podemos ajudar nosso planeta com atitudes simples no dia a dia.

Conscientização e Sustentabilidade, um dever de todos.

Hoje vamos falar no Blog BonaBelle mais sobre conscientização. Como ter atitudes sustentáveis para ajudar nosso planeta? Como você já sabe não é de hoje que nosso planeta vem sendo ameaçado com poluição de solo e água, desmatamento, emissão de gases e elementos tóxicos entre tantas outras formas. E cada vez mais a responsabilidade não é apenas das indústrias e do Estado. Cada vez mais cada um de nós temos e muito a responsabilidade por tudo isso. E temos o dever de implementar no nosso dia a dia atitudes para minimizar esses danos ambientais. E isso tudo começa dentro das nossas casas. Para preservarmos nosso meio ambiente para as futuras gerações precisamos ter atitudes sustentáveis. Então, vamos ver como podemos no nosso cotidiano fazermos a diferença. Veja as 12 atitudes sustentáveis que listei para vocês e que podemos começar a adotar hoje, agora.

1 – Economize água:

A água não é um recurso inesgotável como já se pensou em algum tempo atrás. Muito pelo contrário, aqui no Brasil mesmo, muitas regiões sofrem e já sentiram como é ficar sem água. Por isso, vamos economizar. Além do óbvio que já sabemos como reduzir o tempo no banho, fechar as torneiras ao escovar os dentes e lavar as louças, não deixar as luzes acesas à toa, temos muito mais o que repensarmos em nossas casas.

Da simples tarefa de regar nossas plantas já podemos economizar. Se você rega suas plantas com regador, parabéns. Regar com mangueira gasta mais água, então dê preferência sempre por um regador. E a hora da rega é importante e também pode ajudar na economia. Em dias de calor, faça a rega no início da manhã ou final da tarde. Não regue no horário de maior calor, pois uma boa parte da água será perdida com a evaporação. E nos dias de frio regue suas plantas em dias alternados.


Faça a rega com regador e no horário correto.

Quanto menos mangueira ligada é melhor. Adote mais o uso de vassouras para limpar quintais e calçadas. Você sabia que apenas 15 minutos de torneira ligada gasta cerca de 280 litros de água? É muita coisa, não? Então, para lavar os carros use baldes de água, que serão mais econômicos. E se estiver na época da estiagem pense em lavar apenas a seco. Novos hábitos são sempre bem-vindos.

Nos nossos banheiros também podemos fazer algumas mudanças. Se a sua descarga é aquela instalada na parede, saiba que ela gasta muito mais água se comparada com as descargas de caixa acoplada. As válvulas de parede gastam o equivalente a 30 litros de água por acionamento, já a descarga acoplada gasta 6 litros. Muita diferença, não? Mas se você optar pelas válvulas duplas na sua caixa acoplada ainda vai economizar muito mais, pois consegue controlar a quantidade de água que precisa.

Quando for usar sua máquina de lavar roupa ou de lavar louças espere ter a quantidade de peças com relação a capacidade máxima da máquina. Do contrário você estará desperdiçando água e luz também.

Instale arejadores nas suas torneiras e chuveiro. Com isso você irá economizar água e terá a mesma eficiência. Como eles funcionam? Eles introduzem bolhas de ar nos jatos de água, assim dão uma sensação de maior volume de água e diminui os respingos e lógico o desperdício. Levando em conta que as torneiras são responsáveis por 10% a 20% dos gastos de água em uma residência e o chuveiros de 30% a 40%, os arejadores vão proporcionar uma economia de água de 60% a 80%. E se você já quer adotar essa atitude não precisa chamar nenhum especialista. É só ver a marca das suas torneiras e comprar o arejador da mesma marca, depois em casa é só rosquear na torneira.

E uma atitude muito importante é o reutilizar. Crie maneiras de captar a água da chuva e das suas máquinas de lavar roupa e louça. E vamos usar essas águas para lavar quintais e calçadas e regar plantas.


Vamos reutilizar.

E uma dica importante é que temos que estar atentos sempre com os vazamentos. Periodicamente feche todas as torneiras da sua casa e os registros e veja se o relógio de água da Sabesp está se movendo, se estiver é sinal de vazamento. Corra para ver o que está acontecendo. Uma gota caindo por segundo resulta em uma perda de 30 litros de água por dia. E se perceber algum vazamento, não se desespere. Você não precisa sair quebrando tudo, chame uma empresa de detector de vazamento que eles vão descobrir para você o que está acontecendo.


2 – Economize Luz

A energia é um grande vilão de desperdício e também de gasto financeiro em nossas casas. O aparelho que mais gasta energia é o chuveiro elétrico. Então, de nada adianta apagarmos sempre as luzes de casa e passarmos mais tempo do que necessário nos banhos. E sempre coloque seu chuveiro com a chaves na estação que estiver. Atitudes simples de diminuirmos o tempo no banho e apagar as luzes quando não estivermos mais em um ambiente já vai ajudar e muito, mas é lógico que não é só isso.

Tente aproveitar o máximo possível a luz natural. Se precisar repense a disposição dos seus móveis para um melhor aproveitamento. Por exemplo, veja se a sua mesa de trabalho está recebendo totalmente a luz que vem da janela.

Veja quais lâmpadas você está usando. Saiba que as incandescentes não só gastam mais energias como esquentam mais o ambiente. Escolha sempre as fluorescentes ou de LEDs. Essas últimas são ainda mais econômicas e tem uma durabilidade maior, então mesmo elas sendo mais caras, valem mais a pena. E se você vai pintar a casa, dê preferência por cores claras no teto e nas paredes internas. Elas vão refletir melhor a luz e deixar o ambiente mais claro.


Agora no verão sei que é mais difícil, mas tente manter mais as janelas abertas e o ar ventilando naturalmente na sua casa, ao invés de usar o ar condicionado. Esse aparelho gasta muita energia. Se for comparado com um ventilador então é assustador, ele chega a gastar 80% a mais. E se você estiver para reunir a família ou receber os amigos na sua sala e quer ligar o ar condicionado, então ligue ele uns 15 a 20 minutos antes de todos chegarem. Ele vai gastar menos energia para gelar o ambiente quando esse estiver vazio do que com muitas pessoas reunidas.

Quando for comprar um eletrodoméstico priorize aparelhos mais eficientes e que tenham menor gasto de energia. Verifique sempre a categoria na etiqueta com o selo Procel. E verifique os aparelhos que você já tem na sua casa, pode ser mais econômico você trocar aparelhos antigos que gastam mais energia por novos.

Se você tem o hábito de dormir com a televisão ligada, cuidado. Você está gastando energia sem usar, então programe sua tv para desligar sozinha depois de um tempo. E ainda, se você também deixa sempre o computador ligado, configure para ele hibernar depois de um certo tempo sem uso. Essas simples atitudes vão te trazer economia. E os aparelhos eletrônicos que não estiverem sendo utilizados tire-os da tomada. Saiba que quando seu aparelho está desligado, mas tem aquela luz vermelha ligada, de stand by, ele está gastando energia.

Use mais água fria e menos água quente. No verão essa atitude é ainda mais fácil, então aproveite a estação. Tente utilizar menos água quente para lavar roupas, louça e a mão. E na hora do banho também. E avalie a possibilidade de adotar o aquecimento solar da água. Você vai ter uma economia na conta de 30 a 50% ao substituir o chuveiro eletrônico por aquecimento solar. A energia solar é limpa e renovável. Chame um especialista e veja como você pode utilizá-la e implementá-la na sua casa. Você terá uma enorme e significativa economia de energia. Na área externa de sua casa instale as luminárias solares, são mais econômicas e funcionam em parceria com a luz do sol e a natureza. E elas são fáceis de serem instaladas.

Na sua cozinha veja se sua geladeira, freezer e fogão estão no lugar certo. Nunca deixe esses aparelhos próximos. Se isso acontecer, sua geladeira e freezer terão que gastar mais energia para compensar o calor emanado do fogão. E aproveite para verificar as borrachas de vedação desses eletrodomésticos. Coloque uma folha de papel entre a borracha e a porta e feche a porta. Se a folha ficar solta ou cair significa que a porta não está fechando corretamente, ou seja, você está gastando energia á toa. Chame uma assistência técnica para arrumar.

E organize os horários e dias das tarefas domésticas. Tenha um bom planejamento. Espere juntar roupas suficientes para ligar a máquina de lavar, assim como as louças. E na hora de ligar o ferro de passar roupa também. Ele gasta muita luz, espere ter um bom volume de roupa para então usá-lo. Não fique ligando várias vezes para passar só algumas peças.


3- Recicle e descarte os lixos corretamente

O descarte do lixo é uma preocupação muito importante que temos que ter. Como já falamos na matéria “Vamos Reciclar” mostramos a importância e a forma de reciclar. Diminuir a quantidade de lixo é fundamental e como destiná-los também. Quando reciclamos estamos diminuindo o lixo que iria para os aterros e iriam poluir o solo. Mas não é só isso. Ao reciclar também diminuímos os recursos naturais que seriam usados para a produção de mais desses materiais. Por isso, faça a coleta seletiva na sua casa ou condomínio. Separe os lixos em orgânicos, vidros, plásticos, metais e papéis. E veja quando a coleta seletiva passa na sua rua.


Vamos reciclar sempre.

O lixo orgânico é responsável por aproximadamente 3% da emissão de gás metano, responsável pelo efeito estufa. Esse nosso lixo pode ser reciclado com a compostagem. Através dessa técnica, não só reciclamos o nosso lixo, mas ainda produzimos um solo fértil.

As pilhas e baterias devem ser descartadas em lugares apropriados. E dê preferência pela utilização de pilhas e baterias recarregáveis. Uma pilha e bateria recarregável chega a durar o equivalente a mil descartáveis. Quando escolhemos por essas recarregáveis estamos ajudando na diminuição de matérias primas e produtos químicos que seriam utilizados na produção das convencionais. E ainda ajudamos a reduzir os resíduos que serão descartados. Porém se você tem alguma aí para descartar, cuidado, pois elas são extremamente tóxicas, então procure por um papa-pilhas para fazer o descarte correto.

Os aparelhos eletrônicos devem ser descartados em locais certos, que podem ser em empresas especializadas, cooperativas de reciclagem ou centros de estudos (escolas e universidades). Os lixos eletrônicos são também conhecidos como e-lixos. Se você tem algum aparelho ai para descartar ligue para a empresa fabricante que ela vai orientá-lo no descarte. Desde 2010 há uma lei federal que obriga as empresas fabricantes a cuidarem do lixo eletrônico que produzem.

Medicamentos e óleos também tem destino certo. Procure o local correto para o descarte desses materiais. O descarte incorreto é nocivo ao meio ambiente. Já tem muitas drogarias que recebem esses medicamentos para o descarte.


4 – Use menos o carro.

Os carros lançam todos os dias uma quantidade imensa de gás carbônico na atmosfera. Diminuir essa quantidade é um benefício não só para o ar que respiramos, mas a nossa saúde também.

Faça mais uso dos transportes sustentáveis. Esses meios de transportes estão sendo cada vez mais utilizados e incentivados. O uso de bicicleta e agora o de patinetes estão na moda. Nossas cidades ainda têm muito a evoluir para ajudar esses meios a se propagarem e serem mais seguros, mas já avançamos muito e hoje podemos usar esse transporte para deslocarmos em muitas regiões da cidade. Com mais pessoas fazendo uso desse transporte, ele já está causando um olhar mais cuidadoso das autoridades para incentivá-los. Eles não poluem e ainda causam uma economia financeira considerável.


Menos carro mais bicicleta.

Uma atitude sustentável é o uso de transportes coletivos (metrô, ônibus e trem). Se temos como deslocar no transporte que já está indo para onde vamos, por que pegar o carro? Assim como incentivar mais o hábito de pegar e dar carona. Vemos muitos carros com uma única pessoa deslocando pela cidade. Veja no seu condomínio, rua e bairro as pessoas que estão indo para lugares comuns ao mesmo tempo e dê carona. A carona é uma maravilhosa atitude sustentável.


5 – Mais alimentos orgânicos e frescos e menos industrializados.

Os alimentos orgânicos além de serem mais saudáveis e saborosos, são também sustentáveis. Sua produção respeita o ciclo de vida dos animais e do meio ambiente. A única barreira ainda é o preço. Mas com o aumento da demanda por esses produtos a tendência é o preço diminuir.

Sempre que possível escolha os alimentos frescos aos congelados. Os congelados gastam mais energias e embalagens para serem produzidos e armazenados. Assim, como os industrializados, que também têm muitos gastos na sua produção, geram lixo e ainda possuem muito conservante.


6 – Cultive plantas em casa.

Produzir nosso próprio alimento é uma atitude sustentável. Além de sabermos a procedência de nosso alimento, ainda diminuímos o desperdício que a produção de qualquer alimento causa. Cultivar seus próprios temperos já é um bom início. Mas não é só isso. Cultive plantas e flores, tenha um espaço verde na sua casa. Você não só estará antenado com as tendências de decoração do ano, veja em Tendências de decoração de 2019, mas também terá uma atitude sustentável trazendo mais frescor a sua casa.


Cultive plantas em casa.

7 – Consuma menos carne.

Talvez você não saiba, mas a produção de carne gera alguns danos ao meio ambiente. Ela é uma das grandes responsáveis pelo efeito estufa, devido ao metano que se forma pelas flatulências das reses. E fora isso a criação de gado ocasiona um grande desmatamento de florestas. Para não incentivar esses malefícios vamos consumir menos carne.


8 – Evite o uso de plástico.

Tenha atitudes que visam a menor utilização de plástico. Na produção desse material é usado muita água e ele demora muito para ser decomposto. É o grande vilão que ameaça nosso meio ambiente.

Então, vamos substituí-lo em tudo o que podemos. Nas compras do supermercado tenha sempre com você as sacolas retornáveis.

Não utilize mais canudos e copos de plásticos. Se você gosta de tomar bebidas com canudos então dê preferência pelos canudos de aço-inox, já tem vários lugares vendendo. E você pode ter o seu e levá-los para onde quiser. Assim também como os copos plásticos, não use e não deixe que te sirvam nada neles. Hoje já encontramos no mercado diversos tipos de copos que podemos levar para onde quisermos sem se preocupar e nem causar danos ao meio ambiente.


9 – Diminua a uso de papeis.

Tenha consciência que quando usamos papel estamos consumindo florestas e ecossistemas inteiros. Substitua as impressões pelo uso de arquivos digitalizados. E quando não houver jeito, use os reciclados. E reutilize folhas como rascunhos.


10 – Incentive o comércio local.

Incentivar o comércio local é uma atitude sustentável e também social.

Quando damos mais importância ao comércio da nossa região, estamos diminuindo todos os danos causados por transportes e armazenamento. E ainda estamos contribuindo com o crescimento de nosso bairro e ou cidade.


11 – Reutilize materiais plásticos e embalagens.

Tenha ideias e procure alternativas para reutilizar as embalagens dos produtos que você já adquiriu. Uma garrafa de vidro, por exemplo, pode virar um vaso, uma lata pode ser um suporte para talheres. Enfim, aqui há uma variedade de opções. Deixe sua criatividade solta.


12 – Não crie animais silvestres.

Parece óbvio, mas ainda tem muitas pessoas que não tem consciência desse ato e criam animais silvestres de forma irresponsável. Chegando a ser uma atitude criminosa. Quando alguém cria algum desses animais está contribuindo para a sua extinção e desequilíbrio de todo um ecossistema. Quando alguém compra um animal silvestre muitos já morreram no transporte e com os maus tratos.


E aí, já está pronto para colocar em prática essas atitudes no seu dia-a-dia? Vamos todos juntos fazer um mundo melhor. Qual dessas atitudes já faz parte do seu cotidiano? O que mais você já vem fazendo pelo bem do nosso planeta? Vamos compartilhar essas e mais ideias e fazer uma corrente do bem. Cada um de nós podemos e devemos fazer a diferença. Espero que essas dicas possam te ajudar na conscientização e para dar inicio a um mundo mais sustentável. E sempre que perceber qualquer violação ao meio ambiente denuncie.


O que você achou desse post do Blog BonaBelle ? Deixe seu comentário aqui. Aproveite e curta a página da BonaBelle no Facebook e siga a BonaBelle no Instagram.

63 visualizações

CONTATOS

(11) 9 7657-4706

contato@bonabelle.com.br

SIGA A BONABELLE

  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon
  • YouTube BonaBelle
  • Preto Ícone Pinterest

CNPJ: 33.475.412/0001-37