Decoração - O que é tendência na decoração em 2018

Atualizado: 27 de Jan de 2019

As tendências ditam moda e acompanham o comportamento humano. Veja o que usar na sua casa para ter uma decoração antenada com as tendências do ano.

Tendências na decoração em 2018.

Hoje vamos falar do que está sendo tendência na decoração de interiores nesse ano de 2018, no Blog BonaBelle. O que usar ou não na sua decoração para ter um visual com o que está na moda. E você sabe como nascem as tendências? As tendências mostram o que será mais usado, como material, cor, textura e outras características. Mas se você acha que elas são criadas aleatoriamente, vou te explicar melhor. Elas se baseiam em estudos do comportamento humano. Isso mesmo, tem pessoas que estão constantemente atentas ao comportamento das pessoas e como esses comportamentos vão se processando e se desenvolvendo ao longo do tempo. De acordo com nosso cenário econômico e acontecimentos históricos nossos comportamentos vão se alterando e com isso é possível fazer uma projeção do que será mais usado culturalmente, seja na moda, na beleza, e até mesmo na decoração.


Muito do que foi tendência em um ano pode continuar a ser usado por mais tempo, mas cada ano traz também a sua novidade. O ano de 2017 foi do Hygge, o estilo de vida dos dinamarqueses, que celebra o prazer e o bem-estar nas pequenas coisas do dia a dia. O mundo que passa por crises e instabilidades força as pessoas a buscarem ainda mais segurança e relaxamento dentro de suas casas. Assim, o conforto é a palavra chave nesse ano, que vem através de formas mais arredondadas, que nos transmite uma sensação maior de acolhimento, em detrimento as linhas retas. Em busca desse bem-estar as texturas ganham mais espaço, bem como as plantas que passam a fazer mais parte de nossos lares. Vamos então analisar as principais tendência de 2018, as novas e aquelas que continuarão a fazer parte desse ano.


1- Texturas

O tato é um sentido poderoso da nossa relação com o mundo. E ele vem com tudo através do alto relevo nos tecidos, o uso do matelassê e o veludo. Assim como o uso de tapetes altos também ganham destaque.

2 – Madeira Escura

As madeiras no tom claro que tanto estamos acostumados a vermos, vai perdendo um pouco o seu lugar de destaque. As madeiras escuras, com os seus tons de terra passam a dominar o cenário.



3 – Jardim Caseiro

Como um grito de socorro à vida agitada das grandes cidades as plantas ganham destaque dentro de nossas casas. Para termos a natureza mais perto de nós, o verde não vem apenas com um ou dois vasinhos não. A vegetação ganha intensidade, e volume. Os designers criam constantemente maneiras de termos as mais diversas espécies de plantas em vários tipos de vasos e terrários. E para aqueles que não gostam ou não tem tempo de cuidar de plantas há uma solução. As plantas não se limitam apenas as naturais, elas invadem também quadros e estampas de tecidos.



4 – Cor Rosa, tons neutros e acinzentados e Amarelo Cúrcuma

A cor Rosa é uma tendência que herdamos de outros anos. Na verdade, ela vem sendo tendência desde de 2016, com o Rose Quartz. Hoje, tendo passado por algumas transformações, o Millennial Pink foi uma grande aposta na semana de Móveis de Milão. Mas talvez o rosa já esteja com seus dias contados e quem também chega com tudo é o Amarelo Cúrcuma. Ele nos remete a coisas da natureza, como a mostarda, o açafrão e o mel. Ele pode ser usado como um toque a mais na sua decoração, um fio dourado com aquele toque sofisticado e delicado. Aparecendo em objetos, almofadas, tecidos e acabamentos brilhantes. E como estamos falando do ano do aconchego, os tons neutros e acinzentados também são um acerto em nossa decoração. Os tons mais terrosos como o nude, o bege e o fendi estão em alta na decoração e na moda.


5 – Preto e Branco sempre

Falando do que nunca sai da moda temos a famosa combinação preto e branco. Com ela sua decoração não tem erro. Essa dupla de cores já é clássica, refletindo sofisticação e elegância.


6- Materiais Naturais e O Feito a Mão

Em contraposto a nossa vida agitada, buscamos sempre nos reconectar com a Natureza e ter uma vida mais simples. Nessa busca os materiais naturais ganham força: vime, rattan, argila, bambu, madeira e cerâmica. Eles nos remetem a sensação de acomchego, a volta ao passado e nossa ligação com a simplicidade. Mas não é só o uso dos materiais rústicos que ficam em alta, eles precisam estar em objetos feitos à mão. O artesanato ganha uma valorização maior, sendo visto como um toque de sofisticação. Assim, surge muito mais nas decorações o crochê, objetos de bambu e os cestos de palha. Essa tendência nos conecta com o bem-estar.


7 – A arte da imperfeição: Wabi-Sabi

Acho que essa é a tendência mais forte e que vai durar e muito. O Wabi-sabi é uma antiga filosofia japonesa que celebra a beleza do imperfeito. Ela está cada vez mais sendo usada, pois vai de acordo com a nossa busca pela simplicidade. Passamos a entender nossa casa não como algo que deve ser perfeito, mas sim um lugar que tem que ser vivido. Esqueça a ideia de perfeição e da simetria, o que queremos agora é o mundo real. Assim, podemos mostrar pequenos defeitos, imperfeições e irregularidades, e até mesmo as marcas da passagem do tempo. Como podemos vivenciar essa ideia na nossa casa? É através daqueles objetos de cerâmica que não ficaram tão lisos, aquela manta do sofá que não precisa estar esticada o tempo todo, mesas com marca de queimadura, tabuas com as marcas de corte, produtos gastos e descascados, revelando camadas de texturas ou efeitos de oxidação. A palavra-chave é autenticidade.


8 – Iridescência

Você já ouviu falar em sereismo? Essa é uma tendência mundial que está presente no mundo da moda, da beleza e também no design de interiores, é claro. A palavra sereismos vem de sereia. E está ligado a tudo que se identifique com o mar, a água e com nossa conexão com a natureza e preocupação com o meio ambiente. Assim, surgem os objetos e revestimentos furta-cor e com o brilho iridescente. Já tivemos, anos atrás, o estilo Navy, o estilo marinheiro, com tons azul escuro e o branco. Depois passamos para o estilo mediterrâneo, que nos remete a Grécia, através das paredes brancas e detalhes em azul claro. Agora é a vez da Iridescência nos ligar ao mar, dando um toque perolado, como das escamas de uma sereia. Trazendo um frescor mais romântico à decoração.


9 – Maximalismo

Depois de anos valorizando a decoração minimalista, onde menos é mais, o maximalismo chega em alta. Agora passa a valer a máxima “mais é mais” e os grandes volumes e quantidades. O estilo aqui são lares mais dramáticos, sensacionais e ousados, é claro. Aqui vemos a valorização da mistura de artes, o uso de grandes estampas para valorizar o desenho, prateleiras e estantes abertas, móveis grandes e robustos, salas multicoloridas e vibrantes, coleções aparentes e paredes exibindo uma galeria de arte. É o seu momento de expor seu estilo e as peças que você ama. As antiguidades, paredes cheias de quadros, plantas, livros, e as misturas de estampas são bem-vindas na decoração maximalisma.


10 – Mistura de Metais

Os metais já vêm ganhando espaço a algum tempo. Ganhou recentemente novos ares com o uso maior do cobre, dourado e o rose gold. Eles trazem brilho e vida para a casa. Mas a tendência maior agora é que o cobre, o prata, o bronze e o ouro são usados de forma misturada. Os metais são usados em mais objetos, e ainda junto com outros materiais.


Espero que essas tendências que citei possa servir como inspiração. Acredito que as tendências não devem ser usadas como uma regra absoluta, mas sim como um guia para sua criatividade poder brincar. E lógico só vale aquilo que você gostar e que esteja dentro do seu estilo.


O que você achou desse post do Blog BonaBelle? Deixe seu comentário aqui. Aproveite e curta a página da BonaBelle no Facebook e siga a BonaBelle no Instagram. Para conhecer mais sobre o trabalho da BonaBelle Design & Organização Residencial, clique aqui.

7 visualizações

CONTATOS

(11) 9 7657-4706

contato@bonabelle.com.br

SIGA A BONABELLE

  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon
  • YouTube BonaBelle
  • Preto Ícone Pinterest

CNPJ: 33.475.412/0001-37